Thor, o Ragnarök e o Jörmungandr


   Júpiter, Zeus, Thor, não são outra coisa senão a mesma divindade cuja representação de seu Poder é associado ao Raio, cujos animais são o Carneiro, o Bode e a Águia. Tal qual Zeus que era sempre representado com seu Cetro na mão direita, Thor carrega consigo o seu Martelo Mágico conhecido como Mjolnir.

   Gostaria de dar uma maior explicação sobre o Mjolnir, diferente da maioria dos Mestres ou Deuses em vez de portar uma Espada, Thor por sua vez carrega um Martelo cujo simbolismo até então permanece oculto.

   O Martelo no esoterismo podemos associar a Justiça, e não é difícil entender isto visto que ainda hoje em dia nos Tribunais humanos vemos o martelo sendo usado para dar sentenças e realizar pedidos de ordem bem como em outras ocasiões dar início a seção.

   A Principal diferença física entre o martelo e a espada é que fisicamente a espada serve para o corte e o martelo tem por objetivo esmagar e causar impacto. Um detalhe interessante é que diz a lenda que o Martelo de Thor era capaz de controlar os Raios, tarefa a qual uma espada não poderia, tendo em vista seu formato e sua utilidade. Uma espada representa o fogo enquanto o martelo representa a terra. Thor, como filho da Terra assim como Zeus, uma a arma da Terra.

   O fato de controlar os Raios nos leva a um ponto chave da história de Thor. Se observarmos através da Kabala, vamos encontrar aquele processo que é representado pelo Arcano 16, a torre fulminada.

   Na História de Thor encontramos o fato de que durante o Apocalipse, que é chamado de Ragnarök na mitologia nórdica, precisa matar a Serpente de Midgard, criada por Loki seu irmão.

   O mais interessante e que é exatamente o ponto que queremos demonstrar neste momento é que a tal Serpente é representada como uma enorme e gigante serpente que envolve o mundo. Na mitologia nórdica era comum representar os reinos através de uma árvore, aonde as raízes representam o inferno como conhecemos, o tronco representa Midgard ou a Terra aonde vivemos e a copa das árvores era tido como Asgard o céu nórdico, lar de Thor.

   Tal Serpente, conta a lenda, vivia no fundo do mar e cresceu tanto que deu a volta na terra e é capaz de morder seu próprio rabo por sua extensão. O objetivo da Jörmungandr (a serpente de Midgard), é alcançar Asgard o céu nórdico e durante o Ragnarok ela se libertará do mar e seu veneno cobrirá o céu e a terra.

   O interessante é que durante o Ragnarok (apocalipse) é citada a ocorrência de diversos desastres naturais bem como a submersão do mundo em água, claro que depois o mundo ressurge fértil novamente. No decorrer do Ragnarok ocorre a morte de diversos deuses como o próprio Odin, Thor, Loki e outros mais.

   Um fato curioso é que os anglo-saxões chamaram de thursday (Thor´s day, ou dia de Thor) o quinto dia da semana, a quinta-feira.

   Complementando a história do Ragnarok, cabe explicar que Thor mata a Serpente do mundo do meio mas acaba por morrer em virtude do veneno da mesma.



MDCLXV