As Duas Árvores do Éden


   As Duas Árvores do Éden são: A Arvore do Bem e do Mal e a Arvore da Vida.

   Lúcifer, a serpente tentadora disse a MULHER, quando no éden: “se comerdes da árvore do bem e do mal terá os olhos abertos, sereis iguais a Deuses, conhecedores do bem e do mal”. Vendo a mulher que a árvore era boa tomou o fruto e comeu e deu ao homem. Ao fim disse Deus: “Eis que o homem se tornou como um de nós, conhecedor do bem e do mal; assim para que não estenda a mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente..” Foram lançados para fora do éden para que não se tornassem imortais e colocaram um guardião a porta para guardar o caminho da árvore da vida. A árvore da vida é o Sexo e seu guardião é Lúcifer, o Guardião do Umbral.

   Todas as faculdades e poderes do Intimo se encontram nos frutos da árvore da Vida, dez galhos tem a árvore da vida, dez dedos temos nas mãos. “Por isto vos digo que em vossas mãos está o número do nome do Pai que é fonte de Luz”, o número do pai é 10, IO, homem e mulher unidos sexualmente são a fonte de luz e vida. Dez são os sefirotes da Kabala, representados pelos sete corpos e a santa trindade. A coluna espinhal é a representação física da Árvore da Vida. A Árvore da Vida é o Ser. A Árvore do Bem e do Mal em nós é representada pelos órgãos sexuais. Por isto a serpente, lúcifer, se encontrava enroscada na Árvore do Bem e do Mal.

   Os Órgãos sexuais femininos, representam o ternário inferior (as gônadas sexuais ficam acima do canal vaginal), Lúcifer(A Energia que se projeta para baixo). O Homem como ternário superior (gônadas abaixo do pênis) representa o ternário superior, que unidos formam o Selo de Salomão. O Ternário Inferior representa o complemento negativo do Cristo, quer dizer, do Pai.

   



MDCLXV